Arquivo mensal: maio 2013

Mil e Uma Noites – Clássico da Cultura Árabe

mileuma

O livro As Mil e uma noites é fundamental a todos que desejam ser contadores de histórias ou mesmo para quem deseja simplesmente algumas horas de puro encantamento. Aventura, erotismo, magia e o fantástico compõe estas histórias milenares.

Traduzidas diretamente do árabe, por Mamede Mustafá Jarouche, professor de Cultura Árabe na USP, este pacote contém além dos textos, vários artigos acadêmicos que buscam esclarecer aspectos culturais e linguísticos desta importante obra.

Nerd Shop:

Box com quatro volumes de As Mil e uma noites. Editora Biblioteca Azul. Com desconto de 50% na Livraria Cultura por tempo limitado.

Dez motivos pelos quais você deveria ler todos os dias

Muitos estudantes, cujo primeiro contato com a leitura foi um livro chato, obrigado pelo programa de ensino, reclamam da obrigatoriedade da leitura. Pensando nestes insatisfeitos, o site Universia Brasil, voltado à troca de informações entre estudantes universitários, elenca os dez motivos pelos quais devemos ler todos os dias, segundo especialistas.

Eis a lista:
1. Estímulo mental

Se vamos à academia para “malhar” o corpo, que tal ir a uma biblioteca pra exercitar o cérebro? Ele também  necessita treinamento para se manter forte e saudável e a leitura é uma ótima maneira de estimular a mente e mantê-la ativa.

2. Redução do estresse

Nosso ancestrais vivam em ambientes hostis onde tinha que caçar ou evitar de ser caça e as duas únicas estratégias eram atacar ou fugir. Os nossos problemas do dia a dia, embora forcem nosso corpo a se preparar para um resposta desse tipo, raramente podem ser resolvidos com atacar ou fugir (o que lhe aconteceria se você pulasse no pescoço do seu chefe?). Livros de fantasia inserem você em uma nova história diferente da sua, e isso faz com que os níveis de estresse que você viveu no dia sejam diminuídos radicalmente. Uma história bem escrita pode transportá-lo para uma nova realidade, o que vai distraí-lo dos problemas do momento.

3. Aumento do conhecimento

Ao ler um livro, as informações nele contidas são armazenadas pelo seu cérebro e arquivadas. Mesmo que elas não sejam de uso imediato, em algum momento elas poderão ajudá-lo, como em uma entrevista de emprego.

4. Expansão de vocabulário

Mesmo que você não vá ao dicionário a cada nova palavra que você tropeça num texto, o seu cérebro é capaz de contextualizar e apreender o significado de uma nova palavra. Quem lê muito normalmente tem um vocabulário maior do quem lê pouco.

5. Desenvolvimento da memória

Para avançar na leitura de um livro, você tem que lembrar dos personagens, do contexto onde estão inseridos e do enredo. Com certeza, isso é um exercício excelente para sua memória.

6. Habilidade de pensamento crítico

Se você lê livros policiais já deve ter percebido que após algum tempo você se torna capaz de desvendar o mistério antes do fim do livro. Isso demonstra a habilidade de estabelecer conexões, que pode ser obtida por meio da leitura. E não está só restrita  a livros de mistério. Você pode ler sobre a economia da Grécia antiga e ter alguma ideia para melhorar seu orçamento doméstico. O sobre a organização de navios piratas e descobrir uma forma de motivar seus funcionários (que não seja fazê-los andar pela prancha…)

7. Aumento de foco e concentração

Num mundo onde sua atenção é solicitada a se desviar a cada segundo (inclusive pelas suas opções de lazer), colocar o foco em um assunto só é um verdadeiro desafio. Livros interessantes e com histórias envolventes podem fazê-lo se desligar do mundo ao redor, direcionando sua atenção inteiramente para o que acontece na trama. Embora você não perceba, esse tipo de exercício o ajuda a se concentrar em outras ocasiões, como quando precisa finalizar um projeto urgente.

8. Habilidades de escrita

Quem lê normalmente tem uma escrita melhor, não só pelo aumento do vocabulário, como com frases melhor construídas e textos mais coerentes.

9. Tranquilidade

Se reduzimos o nosso estresse ao ler, os livros são uma ótima maneira de  alcançar paz interior e até melhorar seu humor.

10. Entretenimento a baixo custo

Um dos lugaras comuns sobre o livros é que eles nos fazem viajar. Aí está uma viagem de baixo custo! Com um livro somos levados a outra galáxia sem sair de casa.

No ar 79ª Leva da Revista Cultural Diversos Afins

 

No ar a 79ª Leva da Revista Diversos Afins traz:

– contos de Andréia Carvalho, Jacques Fux e Yara Camillo

– desenhos de Bárbara Damas

– poemas de Virgínia do Carmo, Demetrios Galvão, Stefanni Marion,Fabiana Turci e Ronaldo Cagiano

– uma entrevista com o poeta Heitor Brasileiro Filho

– resenha do filme dinamarquês “A Caça” , por Guilherme Preger

– resenha do romance Carta a D. de André Gorz, por Sérgio Tavares

 

 

 

 

O Mundo Termina dia 24 de Maio?!

Horror

Mamãe, estou com medo!
(Mas quero ver o Fim do Mundo!)

Fantástica Jornada Noite Adentro: O Fim do Mundo

Mais uma vez o fim do mundo tem data marcada: nesta sexta, 24 de maio, a partir das 22h. A Biblioteca Pública Viriato Corrêa, temática em Literatura Fantástica, convida todos os corajosos a participar da 11ª Fantástica Jornada Noite Adentro. Como já é tradicional, a noite começa com uma leitura seguida de um debate. À meia-noite, começam as sessões de cinema no auditório e o jogo de RPG live-action no andar térreo da Biblioteca.

Confira a programação completa:

22h – Mesa-redonda: O fim do mundo no cinema e na literatura
Com Celso Sabadin, Luiz Brás e Silvio Alexandre
0h – Live-action role play: a.experiência.quimera
Com o Grupo Confraria de Idéias

Filmes:

Planeta dos macacos. +12
24 de maio (sex), 0h
Os 12 macacos. +14
25 de maio (sáb), 2h
Filme-surpresa
25 de maio (sáb), 4h

Às seis horas, o evento termina com um café-da-manhã.

Empreendendo na Internet antes dos 18: entrevista com João Motta

Seiiti Arata, da Arata Academy, entrevista um empresário de sucesso de apenas 17 anos, João Motta. O rapaz nos conta sua trajetória e desmistifica o estereótipo de gênio, de “dinheiro fácil e rápido na internet”, mas também nos mostra que é possível chegar lá e se propõe a dar algumas dicas importantes.

Programação Bibliotecas de São Paulo de 18 a 31 de Maio

Feira de Troca de Livros e Gibis

Traga seu livro ou gibi e troque por outros que você não tenha!

São aceitos para troca livros em boas condições de literatura infantil, juvenil, adulto, gibis, quadrinhos e mangas. Só não são aceitos livros técnicos ou didáticos.

19 de maio (dom), 10h – Parque Esportivo dos Trabalhadores

familia burg

Teatro

Um dia com a Família Burg
Com a Família Burg
O espetáculo traz uma leitura do universo circense através de três palhaços: Gonçalves, Sepúlveda e Sobolha. De diversas formas o trio atrai a atenção do público com números clássicos e números da modalidade cômico-acrobática conhecida como “Dandis” – rara no circo nos dias atuais.50min. Livre
18 de maio (sáb), 16h – BP Hans Chirstian Andersen
19 de maio (dom), 11h – BP Cora Coralina
22 de maio (qua), 14h30 – BIJ Monteiro Lobato

As aventuras de Bambolina
Com a PiA FraUs
A peça conta a história e as trapalhadas e emoções (sim, por que não?) vividas por uma boneca de pano muito simpática, que passa por apuros desde quando é jogada fora por sua dona. Mas o espetáculo dá uma reviravolta na história e Bambolina passa a viver outros personagens, só de brincadeira – de cavaleiros a Branca de Neve! – com conteúdo poético e divertido. E é isso que pega a atenção, claro, além de uma particularidade do Pia Fraus: a manipulação de bonecos e cenários pelos atores vem acompanhada de pouquíssimas palavras.50min. Livre
18 de maio (sáb), 11h – BP Belmonte
19 de maio (dom), 11h – BP Padre José de Anchieta

Encontros

Discutindo o Golpe de 1964: o que foi isso?
Com Rosa Maria Cardoso da Cunha (advogada e membro da Comissão Nacional da Verdade) e Renato Tapajós (jornalista, cineasta e ex-preso político). Mediação de Maria Zenita Monteiro (socióloga e bibliotecária, Coordenadora do Sistema Municipal de Bibliotecas)
A programação “A Luta é Contínua” promove encontros e debates centrados no período da ditadura militar e sua influência na sociedade atual. Os debates propõem uma abordagem atual e uma reflexão sobre o aprimoramento da democracia
18 de maio (sáb), 18h – BP Viriato Corrêa

Encontro com o poeta João Batista Cidrão
O poeta João Batista Cidrão, filho do cordelista Patativa do Assaré, mantém vivo os poemas matutos do pai. O encontro acontece em comemoração aos 23 anos da Biblioteca Pública Rubens Borba Alves de Morais. Livre.
21 de maio (ter), 10h – BP Rubens Borba de Morais

Exposição

exposição alceu maio 2013

Abuso e Exploração Sexual Infantojuvenil
Exposição com textos informativos e imagens em homenagem ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantojuvenil, criado em 18 de maio de 2000 pela Lei Federal nº 9970/00, com objetivo de mobilizar e convocar a sociedade brasileira a proteger suas crianças e adolescentes. A data foi escolhida em razão do crime conhecido como “Crime Araceli”, nome de uma menina de oito anos de idade que foi estuprada e assassinada em Vitória (ES), em 1973. Os autores desta violência nunca foram punidos. Desde então, todos os anos a data é marcada por solenidades e apresentação de ações de órgãos públicos e da sociedade civil no combate a esta grave violação de direitos humanos.
De 18 de maio a 31 de Maio
De 2ª a 6ª feira, das 8 às 18h
Aos sábados, das 10 às 17h e domingos, das 10 às 14h.
BIJ Monteiro Lobato

Cinema

Sessão Cineblube

Exibição em 16mm dedicada aos colecionadores, pesquisadores e amantes do cinema, especialmente os entusiastas desta bitola.

 

 

Os comancheros
Em 1843 um capitão do Texas Rangers, Jake Cutter (John Wayne), prende um jogador, Paul Regret (Stuart Whitman), que teve o azar de matar em um duelo o filho de um juiz. Porém, ao retornarem, se unem para acabar com os comancheros, brancos que vendem armas e bebidas para os índios, tornando-os violentos. +14.
18 de maio (sáb), 19h – BP Roberto Santos

Mostra História dos bairros de São Paulo

Uma cidade chamada Tiradentes
A partir da década de 70, o poder público começa a adquirir glebas de terra numa área rural conhecida como Fazenda Santa Etelvina, exclusivamente para construção de casas populares. Livre
23 de maio (qui), 14h30 – BP Cora Coralina

Conte-Outra-Vez_mapinguari

Arte nas Ruas

Conte Outra Vez
Com a Cia Mapinguari
Narração de contos tradicionais e histórias infantis. No enredo, cantigas, parlendas, contos musicados, acompanhados por percussão. Bonecos, brincadeiras e manipulação de livros e imagens também fazem parte da apresentação.
17 de maio (sex), 12h – Ônibus-biblioteca Roteiro Jardim Reimberg. Z. Sul
18 de maio (sáb), 12h – Ônibus-biblioteca Roteiro Jardim Macedônia. Z. Sul
19 de maio (dom), 11h – Ônibus-biblioteca Roteiro Cidade Tiradentes. Z. Leste
21 de maio (ter), 14h – Ônibus-biblioteca Roteiro Jardim São Luis: Vaz de Lima. Z. Sul
22 de maio (qua), 12h – Ônibus-biblioteca Roteiro Vila Guilhermina. Z. Leste

Cada história tem seu livro
Cia do Mar
O livro infantil entra em cena, passando a ser elemento básico de toda intervenção e da trilha sonora, criada a partir do próprio livro. Historias contadas e encenadas, com efeitos sonoros e apetrechos curiosos.
17 de maio (sex), 14h – Ônibus-biblioteca Roteiro Jardim Primavera . Z. Sul
18 de maio (sáb), 14h – Ônibus-biblioteca Roteiro Jardim Miriam . Z. Sul
22 de maio (qua), 12h30 – Ônibus-biblioteca Roteiro Jardim Santa Margarida . Z. Sul

Contos e Cantos Africanos
Com o Grupo Sansakroma
Buscando referências na cultura oral dos africanos, brasileiros e cubanos, o Grupo Sansakroma promete um momento de muitas histórias, música e diversão, tendo uma exposição de arte africana com máscaras, esculturas e instrumentos como cenário.
17 de maio (sex), 13h – Ônibus-biblioteca Roteiro Grajaú . Z. Sul
18 de maio (sáb), 14h – Ônibus-biblioteca Roteiro Balneário São Francisco . Z. Sul
19 de maio (dom), 13h – Ônibus-biblioteca Roteiro Chácara Santana . Z. Sul

Aconteceu nas Bibliotecas

Encontro com quadrinistas: Projeto Libre!

Revista “Libre!” é o sonho de um grupo de novos quadrinistas brasileiros e se tornou realidade não somente pelo esforço de seus idealizadores, mas devido a centenas de leitores que acreditaram no projeto e financiaram a sua impressão coletivamente. Nos dias 11 e 12 de maio, esses novos autores da cena nacional, Felipe Portugal, Diego Sanchez, Lucas Maciel, Daniel Cramer, Vidi Descaves, Beatriz Lopes, João H. R. Castro, Laura Lannes, Xico e Gus Morais, se reuniram com seus fãs na Bibliotecas Raimundo de Menezes e Viriato Corrêa para lançar a revista e discutir os caminhos dos quadrinhos no Brasil.

mailing quinta

Produtividade Ninja – O que será que atrapalha nossa produtividade?

Você nunca teve a sensação de que “seu dia não rendeu”?

Apesar de ter feito o máximo possível, ficado cansado e ao olhar o resultado de todo seu esforço e você tem a sensação que ele foi vão.

Problemas deste tipo são podem ocorrer com todos nós, principalmente com quem trabalha como freelancer e depende diretamente do resultado de suas ações. E com todos aqueles que buscam resultados específicos, independentemente da ocupação da pessoa (do chão de fábrica ao topo da pirâmide) e até de um hobby (coisa que fazemos com paixão e que deveria em tese não ter problemas com produtividade).

Pensando nestes dias e outros motivos pelos quais não redemos quanto desejamos, Seiiti Arata, da Arata Academy, desenhou o curso Produtividade Ninja.

Neste curso são discutidas várias técnicas auxiliares no processo de aumento de produtividade, por exemplo, a Hora da Culpa, ou uma visão diferente do controle do que temos que fazer  no tempo que dispomos (que não é ensinada nos curso tradicionais de gerenciamento de tempo).

A Hora da Culpa

Um dos pontos que estão dentro desta nova visão é o estudo das causas da procrastinação, uma visão ninja do antigo ditado “Nunca deixes para amanhã o que podes fazer hoje”.

Produtividade Ninja, um curso que vale a pena.

Para saber mais, clique aqui.

Este artigo faz referências a produtos da Arata Academy dos quais o autor é afiliado

%d blogueiros gostam disto: