Arquivo mensal: junho 2013

Na Biblioteca Viriato Correia – Cinema Expressionista Alemão com Trilha Musical Ao Vivo

filme musicado

Cinema Expressionista Alemão com Trilha Musical Ao Vivo

O evento, realizado em parceria com a Casa Guilherme de Almeida, museu vinculado à Secretaria de Estado da Cultura, exibirá clássicos do cinema expressionista alemão com acompanhamento musical ao vivo.

coletivo_Abaetetuba1_Fotografo_Thomaz Zanetic

Com larga experiência na improvisação musical contemporânea, os músicos convidados se apresentarão sempre em duplas. Após cada umas das sessões, haverá debates com especialistas no assunto, que comentarão os filmes apresentados.

A última gargalhada. Livre
(Der Letzte Mann, Alemanha, 1924, 77 min, legendado, DVD)
Dir: F.W. Murnau. Elenco: Emil Jannings, Maly Delschaft, Max Hiller.
Um velho porteiro de um hotel de classe é substituído por um empregado mais jovem, e posto para trabalhar como ajudante de lavatório. Livre
Filme musicado por Célio Barros e Emilio Mendonça. Após sessão, debate com Eduardo Hildalgo.
8 de junho (sáb), 18h

O estudante de Praga
(Der Student von Prag, Alemanha, 1913, 85 min, legendado, DVD)
Dir: Paul Wegener, Stellan Rye. Elenco: Paul Wegener, John Gottowt, Grete Berger.
Um estudante vende o reflexo de sua imagem para uma figura infernal e sua vida é arruinada. Livre
Filme musicado por Sergio Kafedjian e Juliana Audrá. Após sessão, debate com Stevan Lekitsch.
15 de junho (sáb), 18h

O Golem – como veio ao mundo. Livre
(Der Golem – Wie er in die Welt Kam, Alemanha, 1920, 91 min, legendado, DVD)
Dir: Paul Wegener. Elenco: Ernst Deutsch, Lothar Müthel, Dore Paetzold.
Uma pequena vila de judeus é posta em cheque pelo kaiser. Para defender a cidade, Rabbi Lowe se volta aos antigos recursos alquimistas para criar Golem, um ser de cera de enorme porte e força. Livre.
Filme musicado por Thomas Rohrer e Panda Gianfratti. Após sessão, debate com Claudia Mogadouro.
22 de junho (sáb), 18h

Genuine. Livre
(Alemanha, 1920, 44 min, DVD)
Dir: Robert Wiene. Elenco: Fern Andra, Hans Heinrich von Twardowski, Albert Bennefeld.
Percy, o pintor, lê sua história preferida e adormece. Da tela, escapa Genuine. Livre
Filme musicado por Luiz Gubeissi e Rodrigo Montoya. Após sessão, debate com Donny Correa.
29 de junho (sáb), 18h

murnau4
Biblioteca Viriato Corrêa
Rua Sena Madureira, 298
Vila Mariana – 04021-050
São Paulo, SP
Tel.: 11 5573-4017 e 11 5574-0389
Anúncios

Les Enchantées prorroga prazos

lesen

Les Enchantées – uma coletânea de contos com temática lésbica, aberta a autores de todas as matizes do arco-iris – está aberta para recepção de originais.

A data limite é 31 de agosto.

Guidelines

Esqueça tudo o que achava saber sobre mulheres até hoje. Esqueça estereótipos, dispa-se de pré-conceitos e redescubra um universo que sempre esteve aqui, e muitos escolheram não ver. O universo das filhas de Safo, as lésbicas.
Initial rough concept sketch of Princess Leia

Initial rough concept sketch of Princess Leia (Photo credit: Wikipedia)

Graças ao cinema, TV e, claro, a homens que devoram milhares e milhares de revistas de entretenimento adulto, ao se ouvir o termo lésbicas, o imaginário popular – em grande parte, masculino – converte a palavra em imagens sensuais ou até pornográficas de mulheres voluptuosas protagonizando (exageradamente) cenas de insinuação e mesmo de sexo explícito quase sempre com um terceiro participante ou espectador, do sexo masculino. E quando não pensam nessas mulheres-objeto, a palavra se converte em uma imagem ainda mais cristalizada no imaginário popular, as mulheres que são carinhosamente chamadas por: sapatão, caminhoneira, sapata, maria-macho, entre tantos outros nomes, simplesmente por se vestirem e se comportarem como se sentem mais confortáveis. Isso porque a homossexualidade feminina divide opiniões até hoje, entre os que são explicitamente contra, os que aceitam como fetiche, mas jamais desejariam ter alguém na família que fosse, e os que respeitam, aceitando ou não.

Mas claro, seria injusto dizer que todos os homens e mulheres pensam que se trata apenas de um fetiche ou de uma abominação. Entre homens e mulheres, homossexuais, heterossexuais, bissexuais, transexuais e pansexuais, existem aqueles que enxergam além dos rótulos, das classes sociais, da etnia, do credo e mesmo da cultura, e conseguem vislumbrar a pureza, a magia, a sedução, o amor e a singularidade dessas relações, tão naturais e belas quanto qualquer outra, em qualquer dimensão.

É por isso que te propomos a dar voz a cada uma delas. Mulheres estas, encantadoras e encantadas, nas mais diversas idades, classes sociais, profissões, reais ou imaginárias: mães, filhas, irmãs, tias, amigas, avós, belas vampiras, policiais, assassinas, estudantes, ninfas, bruxas, fadas, deusas, anjos, demônios, loucas, lobas, enfermeiras, professoras, donas-de-casa, guerreiras, cientistas, soldados, entre tantas outras, que só estão esperando você para contar suas mais variadas histórias.

Sobre a antologia:

• Antologia aberta para participação de homens e mulheres.

• O livro contará com 9 autores, sendo 6 deles escolhidos pelo critério de seleção da organização da coletânea.

• Serão aceitos contos com qualidade literária e criativa de ficção fantástica, ficção policial, horror, sobrenatural, suspense, comédia, romântico, realista, erótico (sem termos vulgares e, com discernimento da diferença entre erotismo e pornografia), chick-lit, drama, ficção científica, bem como seus subgêneros: steampunk, dieselpunk, cyberpunk, soft, hard e weird, etc.

• Buscamos receber textos apenas em Língua Portuguesa, em fonte Times New Roman 12, parágrafo justificado. As submissões devem ser feitas para o e-mail antologiales@gmail.com com o assunto [ANTOLOGIA LES ENCHANTÉES], com anexo no formato .DOC ou .RTF. O autor pode enviar quantos contos preferir, mas em submissões separadas e apenas um será selecionado. Em caso de mais de um conto passar na seleção, entraremos em contato com o autor para que ele decida qual prefere. Confirmaremos o recebimento de todos os textos.

• Tamanho: Desejamos receber trabalhos de 12.000 a 25.000 caracteres com espaços, porém textos fora desses intervalos serão analisados e, se possuírem qualidade literária e se enquadrarem na proposta da coletânea, será considerada a apreciação dos mesmos, embora haja preferência por textos dentro do intervalo proposto.

• Deadline: 31 de Agosto de 2013.

Mais informações? Leia o Regulamento e participe!

Acompanhe também o blog, aqui.

Gregório de Matos – Menu de Poesia

Convite Gregório de Matos

Gregório de Matos, poeta barroco, conhecido como o Boca do Inferno por sua poesia satírica ou com traços eróticos nada disfarçados, é o homenageado do Menu de poesias no dia 14 de junho, sexta feira, às 20:30 horas, no Centro Cultural São Paulo.

O que: Menu de Poesia dedicado ao poeta Gregório de Matos.
Quando: Dia 14/06, sexta-feira, às 20h30
Onde: Centro Cultural São Paulo.
          Rua Vergueiro 1000
          Vila Mariana  (próximo ao Metrô Paraíso)
           São Paulo


Pipa ou Papagaio?

Pipa_capa_CS3.indd

Com história de Stella Elia e ilustrações de Weberson Santiago, Pipa ou Papagaio conta a história de dois garotos com diferentes vivências, mas muita coisa em comum.

O vento rompe a linha da pipa do garoto que brincava sozinho na rua de casa e ao perseguir o brinquedo que escapou de suas mãos, ele se depara com um lugar desconhecido. Ali, o menino descobre uma nova amizade.

As desigualdades e contradições são comuns no cotidiano das cidades. Entretanto, estes personagens compartilham uma experiência transformadora em suas vidas.

Este momento é apresentado através de uma narrativa visual concebida a partir da história de Stella Elia e ilustrações de Weberson Santiago. Pipa ou papagaio é um livro imagem para ser apreciado e lido por todos.

Programação Cultural das Bibliotecas de São Paulo – Junho 2013

cabecalho_programacao_verde musgo
capa agendinhaJá está disponível a Agenda do mês de junho!

Exposição

Faces da África
Na África, as máscaras são conhecidas pela riqueza de sua arte e são maioria dominante nas artes visuais, sendo encontradas por todo o continente. Nessa exposição, os artistas/educadores Débora Paneque Nogueira e Wellington Rui da Silva apresentam as Máscaras Africanas, contemplando suas três grandes tendências: máscaras zoomórficas, antropomórficas e antropozoomórficas, confeccionadas na técnica de papietagem.
De 1 a 16 de junho
2ª a 6ª feira, das 10h às 19h
Aos sábado, das 9h às 16h
BP Paulo Duarte e Acervo da Memória e do Viver Afrobrasileiro

Abra-te cérebro - Cia Miolo 3

Teatro

Abra-te Cérebro
Com Cia do Miolo
Sobre uma moto, duas velhinhas percorrem diferentes gerações a procura de grandes invenções da humanidade. A mais velha, Laurinda, é uma cientista que vive inventando novos usos para as coisas conhecidas. Já Vivi, a mais nova, é uma geógrafa sonhadora, vaidosa e atrapalhada.50 min. Livre
5 de junho (qua), 14h30 – BIJ Monteiro Lobato

Oficina

Introdução às Flautas Andinas
Com Ademar Farinha
A oficina busca sensibilizar os participantes para o conhecimento da diversidade cultural dos países da América do Sul e sua interação com a cultura brasileira. A partir da música e do aprendizado das flautas, os alunos irão conhecer os ritmos, o folclore, tradições e manifestações populares de outros povos latino-americanos. Faixa etária de 12 a 18 anos.
5 de junho (qua), 14h – BP Adelpha Figueiredo

Saraus

LITERATURA PERIFÉRICA: VEIA E VENTANIA NAS BIBLIOTECAS DE SÃO PAULO
A Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas convida alguns dos saraus mais reconhecidos da cidade para atividades nas Bibliotecas Públicas. Venha assistir e participar.

sarau
  • Sarau Marginaliaria
  • Sarau dos Mesquiteiros
  • Sarau Arte Maloqueira
  • Sarau Poesia Maloqueirista
  • Sarau do Binho
  • Sarau da Brasa
  • Sarau Encontro de Utopias
  • Sarau di Favela
  • Sarau Elo da Corrente

Confira a data e o horário das programações

Cinema

rango

Sessão infantil

Rango. Livre.
1º de junho (sáb), 16h
BP Roberto Santos

Mary Poppins. Livre.
2 de junho (dom), 16h
BP Viriato Corrêa

A origem dos guardiões. Livre.
4 de junho (ter), 15h
BIJ Monteiro Lobato

viagem_a_italia 3

Cinema à italiana

Viagem à Itália. Livre.
2 de junho (dom), 16h

Amarcord. +14
2 de junho (dom), 18h
BP Roberto Santos

A Hora e a Vez do Vestibular

No projeto “A Hora e a Vez do Vestibular”, as Bibliotecas Públicas recebem professores de cursinhos, que analisam e discutem as obras da literatura brasileira exigidas nos principais vestibulares de São Paulo.
Acesse a programação completa e participe!

Lançamento: Inverno de Cinzas – Foi assim que te amei

Inverno de Cinzas – Foi assim que te amei, de Adriana Brazil será lançado no próximo dia 8 de junho, na  Livraria Cultura, Cine Vitória, RJ

O que: Lançamento do livro Inverno de Cinzas – Foi assim que te amei, de Adrina Brazil
Quando: 8 junho 2013 de 16:00 a 19:00
Onde: Livraria Cultura – Cine Vitória          
          Rua Senador Dantas, 45 – Centro – Rio de Janeiro
%d blogueiros gostam disto: